Quinto Registro de Imóveis de São Paulo

Informação e prestação de serviços

Posts Tagged ‘História

Quinto Registro – pequena história

O Quinto Registro de Imóveis de São Paulo nasceria a dia 26 de dezembro de 1927, data do termo de abertura do Livro 1 – Protocolo. O cartório se instalou na Rua Barão de Itapetininga, 18, salas 507 e 508, no Distrito de Paz da Consolação, São Paulo Capital.

O primeiro oficial deste Registro foi o Dr. Horácio Gonçalves Pereira e o juiz que inaugurou o Livro Protocolo foi o conhecido Dr. Laudo Ferreira de Camargo, que se tornaria ministro do STF.

V. Auto de Inauguração do Registro Geral e de Hipotecas da Quinta Circunscrição da Capital de São Paulo lavrado em 26 de dezembro de 1927

Endereços

É possível rastrear as mudanças sucessivas da sede da Serventia ao longo dos anos compulsando os documentos arquivados – especialmente o Livro de Visita das Correições.

1927 – Rua Barão de Itapetininga, 18, salas 507 e 508, no Distrito de Paz da Consolação, São Paulo Capital.

1940 – Rua Silveira Martins, 39 – sobrado. O endereço se colhe de publicação de editais (p. ex. no DOE de 29/11/1940).

1942~1947 – Rua Silveira Martins, 175 – sobrado O endereço se colhe de publicação de editais (p. ex. no DOE de 19/1/1944).

1962 ~ 1965– Rua Rua Vieira de Carvalho, 40, 6 andar. A informação se acha no Livro de Visitas em Correição n.1, fls. 5.

1973 – Rua Nestor Pestana, 125, 10 andar, Edifício Metrópole. Fone: 256-0593, 256-1870, 256-0564 (vide comunicação do Oficial Interino subscrita a 3/12/1973 comunicado ao juiz corregedor a transferência da sede.

? ~ 2000 – Rua Marquês de Paranaguá, 360, Consolação.

2000 – atual. Rua Marquês de Paranaguá, 359. Atual sede do Quinto Registro de Imóveis.

Nominata dos Oficiais

Ao longo das décadas foram se sucedendo no Cartório titulares, interinos, interventores e substitutos. A sua nominata, bem assim dos escreventes e auxiliares que serviram na Serventia, são os indicados nas páginas individuais indicadas abaixo.

No presente momento (19/6/2022) estamos organizando os prontuários, digitalizando os documentos. Em breve cada qual terá a biografia registrada. (SJ).

A) Titulares

  1. HORÁCIO GONÇALVES PEREIRA
  2. FRANCISCO GONÇALVES PEREIRA
  3. JOSÉ GONÇALVES PEREIRA
  4. EULÁLIO FIRMO DA SILVA
  5. WALDYR WALDER
  6. SÉRGIO JACOMINO

B) RELAÇÃO DOS ESCREVENTES – desde 1927 (instalação do Cartório)

ALDO ANTONIO SACCO
ALOYSIO RODRIGUES MELLO
ANITA KAZUKO ENJOJI (escrevente)
ANTÔNIO ROBERTO COSTA CARVALHO (auxiliar)
ARMANDO MELITA (auxiliar)
BRANCA MORAES DA COSTA
CARMEN SILVIA NEVES BRAGA (auxiliar)
CLAUDECIR ANTONIO PISSUTO (escrevente)
CLODOMIR NUNES DA SILVA (escrevente)
DIRCEU BARABAN (escrevente)
DIVA HELENA SALOMÃO (escrevente)
ELISA CELESTINA RODRIGUES
HISAKO ENJOJI
IVALTINA MOREIRA (auxiliar)
IVONILDA APARECIDA DA SILVA (auxiliar)
JOÃO BAPTISTA ARAGÃO (auxiliar)
JOÃO BAPTISTA REIMÃO NETO
JOÃO DE DEUS AUBIN
JOÃO LUIZ COSTA AUBIN (escrevente)
JOSÉ AFONSO DE LIMA SARTORATO (escrevente)
JOSÉ ALEXANDRE CINTRA GONÇALVES PEREIRA
JOSÉ BONIFÁCIO DE LIMA GONÇALVES PEREIRA
JOSÉ GONÇALVES PEREIRA
JOSÉ HORACIO CINTRA GONÇALVES PEREIRA
JOSÉ LUIZ OÑORO MARTINEZ
JOSÉ ROBERTO DINIZ (* 18/3/1958. Ingressou: 17/6/1985 – ?)
JULIETA CONCEIÇÃO NOGUEIRA
LUIZ AUBIN (escrevente)
LUIZA YOSHIKO ENJOJI (escrevente)
MARGARIDA GONÇALVES PEREIRA
MARIA DEL CARMEN SUAREZ POMBO (auxiliar)
MARIA EDNA DOS SANTOS (auxiliar)
MARIA JOSÉ AVELINO SILVA (auxiliar)
MARIA THERESA GONÇALVES PEREIRA
MASAYUKI TAKACHI
OLÍVIA LEAL RAMOS (auxiliar)
ORLANDO DOS ANJOS CANGUEIRO
OSWALDO DAL MAS JUNIOR
PAULO ALVES MARTINS DA CUNHA (auxiliar)
PAULO CÉSAR DE ANDRADE (auxiliar)
PAULO ROBERTO GARCIA VIEIRA (auxiliar)
PAULO SÉRGIO DE SOUZA (auxiliar)
PEDRO LUIZ DOMINGUES (auxiliar)
PÉRSIO DE FREITAS MELLO
PLACIDINA RAMOS DA SILVA
ROBERTO SIQUEIRA BIANCHI
RUBENS FRANCISCO STOPA
SERGIO ANTONIO MAGALHÃES LOPES (escrevente)
SÉRGIO BAHÓSI
STEPHAN WALTER GLANZ
WAGNER GIANELLA (escrevente)
WALDIR RODRIGUES (auxiliar)
WILSON EMÍLIO GIANELLA (auxiliar)
WILSON BARABAN

Addenda

Recurso 44/1974, Comissão do Concurso. Pleito veiculado por Antônio Rubião Silva Jr. j. 15/1/1975, DOJ 4/2/1975, p. 11, rel. Márcio Martins Ferreira.

Written by SJ

23 de julho de 2014 at 1:09 PM